X

QUERO AGENDAR

VOCÊ DESEJA AGENDAR:
EXAME CONSULTA

NOVIDADES

  • Pitaya: tudo que você precisa saber sobre a fruta do momento

    Com um exterior rosa exótico, a pitaya, também conhecida como fruta-dragão, vem ganhando cada vez mais lugar na mesa do brasileiro. Os motivos para o aumento do consumo da fruta típica mexicana são muitos e incluem as poucas calorias contidas no alimento.

    No Brasil, as versões mais procuradas são a pitaya rosa com polpa branca e também a de polpa avermelhada. Ambas concentram propriedades benéficas e o melhor de tudo: o sabor adocicado não está associado a altos níveis de açúcar. Indo mais além, a fruta conta com flavonoides, considerados antioxidantes que atuam no combate aos radicais livres.

    A presença de fibras também é um dos seus pontos fortes, pois garante o funcionamento do intestino. Já a vitamina C e o zinco são aliados do sistema imunológico. A grande quantidade de água é apontada como um importante reforço para a hidratação da pele, mantendo o aspecto saudável. Até mesmo as sementes possuem benefícios e ajudam no fortalecimento, crescimento e desenvolvimento saudável do cérebro, pois possuem alto conteúdo de ácidos graxos insaturados – ômega 6.

    No momento da compra é essencial verificar se há machucados em sua superfície e como está a consistência da casca – não deve estar esverdeada e nem muito mole. Se a fruta apresentar furinhos ou estiver soltando líquidos é melhor evitar, pois pode não ser recomendada para consumo.

    A pitaya é refrescante e perfeita para sucos e combinações, mas após aberta pode ficar na geladeira por no máximo três dias para que seus nutrientes sejam preservados. A polpa pode ser congelada por até três meses. A casca da fruta pode ser usada para chá em infusão, já que contém antioxidantes e alto poder diurético.

     

    Deixe um comentário:

    *O e-mail não será publicado

TRABALHE CONOSCO