X

QUERO AGENDAR

VOCÊ DESEJA AGENDAR:
EXAME CONSULTA

ESPECIALIDADES / CIRURGIA GERAL

É a grande divisão da Medicina que engloba todas as áreas cirúrgicas, sendo também subdividida em várias outras especialidades e áreas de atuação.

Cirurgia Bariátrica

A cirurgia bariátrica ainda não é uma especialidade médica propriamente dita, mas está no domínio do Cirurgião do Aparelho Digestivo e, mais recentemente, também no domínio da cirurgia videolaparoscópica.

A cirurgia bariátrica compreende uma variedade de procedimentos cirúrgicos destinados ao tratamento de última linha da obesidade mórbida (pacientes com Índice de Massa Corporal (IMC) >40) e da obesidade (IMC >35) associada a comorbidades graves.

Através dessa modalidade de tratamento, se obtém a perda de peso após a redução do tamanho do estômago e/ou desvio do trânsito alimentar dos segmentos intestinais com maior capacidade absortiva.

Estudos de longa duração mostraram (N Engl J Med. 361 (5): 520–1, 2009) que a cirurgia bariátrica pode produzir emagrecimento significativo e duradouro, melhora do diabetes, melhora nos fatores de risco para doenças cardiovasculares e redução da mortalidade.

Cirurgia do Aparelho Digestivo

Atua na cirurgia dos órgãos do aparelho digestivo, como o esôfago, estômago, intestinos, fígado e vias biliares e pâncreas.

Cirurgia Hepatobiliar

Apesar de não ser uma especialidade médica reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina, com o crescente aumento no número de transplantes de fígado, observado na última década, muitos Cirurgiões do Aparelho Digestivo focaram sua prática na cirurgia do fígado e das vias biliares, o que permitiu o refinamento dos procedimentos cirúrgicos nesse campo.

Cirurgia Oncológica

Trata-se de um braço da cirurgia geral que tem seu foco no tratamento cirúrgico do câncer.

A cirurgia oncológica evoluiu como especialidade médica do mesmo modo que a cancerologia (oncologia) clínica, que cresceu a partir da hematologia e da radioterapia, que surgiu a partir da radiologia.

A cirurgia oncológica teve seu início com o interesse de cirurgiões no campo da oncologia, sendo reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina como especialidade médica na resolução número 1.973/2011.

Cirurgia Videolaparoscópica

Também chamada de cirurgia minimamente invasiva ou cirurgia por pequenos orifícios, é uma moderna técnica cirúrgica onde as cirurgias abdominais são realizadas através de pequenas incisões (geralmente com 1,5 cm) em contraste com as grandes incisões necessárias na cirurgia tradicional.

Na cirurgia videolaparoscópica são captadas imagens do campo cirúrgico por meio de um conjunto ótico e eletrônico específico. Os elementos do campo cirúrgico são magnificados e apresentados ao cirurgião num monitor de vídeo.

As vantagens para o paciente dessa modalidade cirúrgica são inúmeras, tais como: menos dor devido às incisões menores, menor sangramento durante o procedimento e menor tempo de recuperação.

AGENDAR CONSULTA dúvidas? veja nossas respostas
TRABALHE CONOSCO