X

QUERO AGENDAR

VOCÊ DESEJA AGENDAR:
EXAME CONSULTA

Gastroclínica Florianópolis

(48) 3222-6677 (48) 9142-2582 (48) 9694-6075
Diretor Técnico Médico: Amilton Carniel Guimarães - CRM/SC 8079

NOVIDADES

  • Endoscopia Digestiva

    O termo endoscopia significa “olhar por dentro” e tipicamente se refere ao ato de olhar dentro do corpo humano por razões médicas usando um endoscópio, que é o instrumento usado para examinar órgãos tubulares ocos ou cavidades.

    A endoscopia é uma grande ferramenta para o Gastroenterologista e para o Cirurgião do Aparelho Digestivo, pois permite o diagnóstico e, muitas vezes, o tratamento de inúmeras doenças do trato digestivo.

    O endoscópio é um tubo flexível, com diâmetro externo que varia entre 0,6 e 1,2 cm, que possuí em sua ponta um pequeno chip eletrônico (CCD, charge-coupled device), semelhante aos encontrados em câmeras digitais, que capta imagens, as converte em sinais elétricos digitais, que são conduzidos até uma unidade de processamento, que os converte dessa vez em imagens de alta resolução, que são apresentadas ao médico examinador num monitor de vídeo.

    Outro avanço tecnológico que permitiu a criação dos endoscópios modernos foi o desenvolvimento das fibras óticas, que são filamentos, finos e transparentes, feitos de sílica (vidro) ou plástico, que funcionam como guias para a luz, permitindo transmitir a luz de uma ponta à outra, mesmo que existam grandes angulações ao longo de todo o comprimento da fibra.

    Com o auxílio das fibras óticas, o endoscópio adquiriu a capacidade de iluminar o interior das estruturas e cavidades que são examinadas.

    A endoscopia digestiva, deixou de fazer apenas diagnósticos, e evoluiu em direção ao tratamento de inúmeras condições, tais como: retirada de pólipos intestinais (polipectomia), controle de sangramentos, dilatação de estreitamentos, retirada de corpos estranhos etc.

    Como especialidade médica reconhecida, a endoscopia está presente no ramo cirúrgico da Medicina (a cirurgia videlaparoscópica é uma modalidade de endoscopia, onde o aparelho é inserido por pequenas incisões cirúrgicas) e, também, no ramo clínico (endoscopia digestiva alta e baixa, onde o aparelho é inserido pela boca e ânus, respectivamente).

    Tradicionalmente, o Gastroenterologista recebe treinamento formal em endoscopia digestiva e o Cirurgião do Aparelho Digestivo recebe treinamento em cirurgia videolaparoscópica.

TRABALHE CONOSCO