X

QUERO AGENDAR

VOCÊ DESEJA AGENDAR:
EXAME CONSULTA

NOVIDADES

  • Cuidados com a alimentação ajudam a combater as aftas

    Cerca de 80% da população mundial já sofreu alguma vez com as aftas na boca. Aquelas incômodas feridas arredondadas que surgem de uma hora para outra e causam desconforto e, em alguns casos, consequências mais graves como febre. As causas do surgimento ainda não são totalmente conhecidas, mas seguindo algumas dicas é possível evitá-las e diminuir a irritação na língua e paredes internas da boca.

    As aftas podem ser um sinal de que algo não vai bem com seu sistema imunológico e são comuns em pacientes que sofrem de doenças que resultam em baixa imunidade. Além disso, o uso contínuo de medicações como antibióticos e tratamentos de radio e quimioterapia também pode desencadear o surgimento de aftas pela boca.

     

    Entre os outros fatores que podem influenciar está o estresse e, um dos principais, a alimentação. A deficiência da vitamina B12 é apontada como uma das responsáveis por induzir o aparecimento das aftas, assim como o consumo de queijos, amêndoas, frutas secas, alimentos com determinados conservantes, frutas ácidas.

    Se você sofre frequentemente com as aftas, uma mudança na alimentação pode ajudar a combater as temidas lesões. No cardápio diário, inclua fontes de vitaminas B12 e B9, assim como ferro:  cereais integrais, ovos, laticínios, carnes, peixes, crustáceos e mariscosleguminosas, folhas e vegetais verdes escuros.

    Em geral, a lesão desaparece sozinha dentro de uma a duas semanas, mas em casos recorrentes e mais severos o ideal é buscar orientação médica para o tratamento adequado, além de evitar alimentos ácidos, apimentados e redobrar o cuidado na hora de realizar a higiene bucal.

     

    Fonte: Site Médico

TRABALHE CONOSCO